11 de nov de 2009

frio???

Um calafrio corre por todo minha espinha, acabando em uma lagrima que foge de meus olhos. Sinto-me atraído por um buraco negro,todo a tristeza me consome...uma grito preciso só de um grito, mas, já não posso gritar, já não tenho nem voz, nem boca. Me transformei na mente doentia que me carrega através do tempo e espaço,vou como uma galáxia vagabunda me afastando de tudo até culminar em uma grande e cheio nada.
Por onde meus pés vão, minha mente não acompanha minhas pernas. É tudo loucura, estou perdido em meu peito. Mas...que se foda tudo, meus olhos só enxergam o que ninguém consegue ver...o que é tudo isso? Bem se eu soubesse não estaria me perguntando, e que se dane a resposta.
(rick rosa)

Olhos pesados

Meus olhos pesam, minha mente trabalha, e quero seus beijos.
Abro as portas , caminho explorando minhas lembranças, viajando pelo inconciente ,agora ciente da falta de seus olhos.
Em minhas viagens ,quase sempre te vejo, não sei se sou poeta, ou apenas um viajado qualquer.
Coloco nas linhas que escrevo seu sorriso parece ser meu alvo, mas, quero que você me veja...seus olhos bateram em mim, e neles enxerguei que você pensou naquilo que poderia ter sido, mas, estamos aqui agora cada um em seu torto caminho...
(rick rosa)