31 de mar de 2009

sexta feira

Passei meus dias querendo te encontrar, depois descobri que tinha de encontrado, e em uma sexta feira qualquer você sorrindo pra mim, ai você me disse algo e eu chorei, as palavras que saíram de sua boca foram pra se despedir, e eu aqui implorando por seu lábios e o único sabor que senti que vinha dele era amargo, as lagrima escorreram de meus olhos, em uma sexta feira.
Procurei você no gosto azedo de minhas lagrimas , você se foi, eu ainda te procuro, sem saber seu nome, sem saber do que gosta, mas, dane-se eu gosto de você. Pra merda todos em uma sexta feira seria melhor beber umas cervejas do que ouvir você me dizer: “adeus amigo”. Maldita sexta feira.